Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo de Sofala incrementa licenciamento de transportadores privados para minimizar escassez

A área dos Transportes é tida como sendo uma das mais sensíveis, ou seja, com facilidade gera situações de descontentamento generalizado que leva a levantamentos populares, como já aconteceu sucessivamente na Cidade de Maputo, a capital moçambicana.

O Governo tem consciência dessa situação e mostra-se vigilante para evitar situações gravosas. Nos últimos tempos tem se relatado várias vezes situações protagonizadas pelos pelos privados que exploram o sistema de transporte semicolectivo de passageiros na Cidade da Beira, as quais podem concorrer para a ocorrência de descontentamentos populares.

Uma das situações prende-se com o encurtamento de rotas praticadas. A prática de encurtamento de rotas além de gerar a escassez de trans-porte na urbe, sobretudo nas horas de ponta, acaba saindo honeroso para o bolso dos utentes que são obrigados a pagar o dobro da tarifa normal para chegarem ao seu destino.

Em contacto com o nosso jornal, o Director Provincial dos Transportes e Comunicações em Sofala, Paulo Isidoro, referiu que uma das medidas em curso passa pelo incremento do processo de licenciamento dos transportadores para evitar a escassez.

“Nós temos estado a aumentar o licenciamento dos transportadores do sector privado precisamente para tentar descongestionar os passageiros na hora da ponta” – afirmou.

A autoridade governamental referiu ainda que o executivo está atento a situação, apelando a colaboração do público na denúncia dos transportadores que praticam essas acções para permitir a tomada de medidas.

“Nós estamos atentos a todo o momento à qualquer manifestação dos transportadores que possam provocar descontentamento nos passageiros, daí estaremos sempre vigilantes para evitar situações identicas as já ocorridas em Maputo” – sublinhou Paulo Isidoro.

Refira-se, entretanto, o sector dos Transportes e Comunicações em Sofala representa um dos maiores contribuintes no crescimento económico da Província.

Da produção global alcançada em 2010, este sector destacase pela sua comparticipação na ordem dos 18 por cento, apenas superado pela Agricultura (32%) e Indústria (27%).

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!