Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo de Nampula pretende reduzir a pobreza até 42% em 2014

O governo da província de Nampula, Norte de Moçambique, diz que a sua meta até 2014 é reduzir a pobreza dos actuais 54,75% para 42% através da materialização das acções previstas no Plano de Acção para a Redução da Pobreza (PARP).

Entretanto, refere que o alcance deste desiderato é possível se houver investimentos nas áreas estratégicas, sobretudo aquelas que espevitam o aumento da produtividade do sector familiar, a diversificação da economia, o apoio às micro, pequenas e médias empresas e o desenvolvimento do capital humano.

Neste contexto, o Relatório da Terceira Avaliação da Pobreza em Moçambique, realizada em 2010, aponta que, de uma forma geral, muitos foram os avanços foram alcançados em diversas áreas cruciais para o crescimento do país, tais como educação, saúde e infraestruturas básicas, em particular na província de Nampula.

Em termos comparativos, o ano de 2012, com um crescimento 11%, é considerado melhor em relação ao de 2011. A aceleração da dinâmica económica situou-se em 0.2%.

De acordo com aquele documento, apresentado na VII a Sessão da Assembleia Provincial de Nampula, que decorre de segunda (25) a esta sexta-feira (01), para a campanha agrícola em curso estava planificada uma área de 1.695.320 hectares e foi semeado 1.695.300 hectares.

O sector primário continua a ter maior peso na economia de Nampula. O subsector agrário representa 47%, contra 11% da extracção de recursos minerais e 6% da pesca.

No sector secundário, os subsectores de construção e da indústria transformadora contribuem com 8% cada na economia da província. Este ganho, segundo o governo local, é justificando, em parte, pelo aumento de novas unidades empresariais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!