Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo aprova termos de contrato de concessão de gasoduto a ENH

O Governo de Moçambique aprovou esta terça-feira, em Conselho de Ministros, os termos de Contrato de Concessão de Gasoduto para o transporte de gás natural de Beleluane para as cidades da Matola, de Maputo e para o distrito de Marracuene à empresa de Nacional de Hidrocarboneto (ENH).

O projecto da ENH tem como objectivo transportar e fornecer gás natural para a produção de electricidade numa capacidade superior a 50 MegaWatt (MW) e alimentar uma rede de distribuição nas zonas abrangidas.

De acordo com o porta-voz do encontro, Gabriel Muthisse, que é também vice ministro das Pescas, este empreendimento é vantajoso por se tratar de energia limpa e preço relativamente baixo comparativamente aos combustíveis actuais. Espera-se que com o projecto sejam criados mais postos de trabalho.

Ainda nesta 19ª sessão ordinária o Conselho de Ministro aprovou a resolução que ratifica o acordo de crédito celebrado entre o Governo de Moçambique e o Banco Árabe de Desenvolvimento Económico em África (BADEA), destinado a financiar o projecto de electrificação rural da província de Niassa.

O acordo foi assinado no passado dia 29 de Maio de 2013, em Marraquexe, Marrocos, num montante de 10 milhões de dólares. O projecto prevê a construção de 215 quilometro de linha de transmissão de 110 Kw de Cuamba para a subestação a ser criada em Murrupa, construir uma rede de distribuição de 191 unidades de transformadores para conectar 32 mil famílias em vários diversos povoados daquela província nortenha.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!