Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Hoje é Dia Mundial da Lavagem das Mãos com Sabão

Comemora-se, este Sábado, em todo o mundo, o Dia Mundial da Lavagem das Mãos com Sabão, uma data que passa despercebida para muita gente. Na província do Niassa, entre outras actividades, está prevista a realização de teatro, concerto musical em Metarica e Lichinga respectivamente.

A WaterAid é uma das organizações que trabalha no abastecimento de água e na promoção de boas práticas sobre o saneamento do meio na província. Segundo o oficial do programa no Niassa, Samuel Sengo, nos distritos de Nipepe, Maúa, Metarica e Mecanhelas existem equipas de trabalho locais que promovem as boas práticas e acesso à água.

Regularmente, são feitas palestras nas escolas e comunidades onde o tema de fundo é Lavar as Mãos e Saneamento do Meio. Foram abertas latrinas em muitas comunidades dos distritos de Nipepe, Maúa, Mecanhelas e Metarica, razão pela qual houve diminuição de diarreias em alguns deles.

“Temos equipas de trabalho nestes distritos, regularmente fazem palestras em escolas e comunidades. A promoção de boas práticas como o uso de latrina entre outras actividades é o que temos feito. Notamos que não há focos de diarreias em Mecanhelas, em todos os distritos onde trabalhamos há uma diminuição de casos de diarreias. A mudança de comportamento é um processo, há quem em público faz uma coisa e em privado a outra, mas estamos a conseguir reduzir certas doenças por causa das campanhas”, explicou.

Na realização das suas actividades, a WaterAid conta com o apoio da Cooperação Suíça como seu parceiro principal.

As festividades

O oficial de Programa de Niassa na WaterAid, Samuel Sengo, afirmou que uma das actividades é a realização do festival de teatro sobre água e saneamento, e um concerto musical.

Os dois eventos terão lugar em Metarica e cidade de Lichinga, tudo versando sobre o tema de água e a lavagem das mãos. Em Metarica estarão posicionados grupos de Mecanhelas, Nipepe, Maúa e Metarica, enquanto que na cidade de Lichinga estarão em acção os Massuko e Cenas de Lichinga.

“O Teatro será feito em língua local, o Emakwa por isso escolhemos Metarica que agrupar os fazedores de teatro de Mecanhelas, Maúa, Nipepe e Metarica, todos falam esta língua local. Em Lichinga também teremos teatro, mas também a actuação de um grupo musical, está prevista uma palestra na UniLúrio sobre escassez de água” indicou Sengo.

Em Lichinga o espectáculo será ao ar livre em frente do aeroclube onde se espera que a avenida Samora Machel seja fechada ao trânsito parcialmente.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!