Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ginástica: Moçambique já pode contar com monitores de dança rítmica desportiva

A Federação Sul-africana de Ginástica (SAGF) formou, recentemente em Maputo, um total de 36 atletas moçambicanos em matérias de ginástica rítmica desportiva. O evento decorreu na Faculdade de Educação Física e Desporto da Universidade Pedagógica de Moçambique.

O curso preliminar, o primeiro de género em Moçambique, foi orientado por Robyn Bajer, uma especialista em ginástica rítmica da SAGF. Fizeram parte do mesmo um total de 36 acrobatas em representação de oito províncias do país, divididos entre estudantes, dirigentes, professoras e atletas. A cidade de Maputo, maioritariamente representada, contribuiu com 26 participantes seguida pelas províncias de Maputo e Sofala ambas com três.

No que diz respeito às técnicas assimiladas, a facilitadora sul-africana dotou os presentes de conhecimentos de fórum técnico-metodológico e de ajuizamento, tudo com vista a fomentar a prática desta modalidade no país. Aliás, foi vontade manifesta daquela formadora ver a gímnica rítmica desportiva a ser desenvolvida nas escolas moçambicanas, no que diz respeito à formação e nas competições locais, nacionais e internacionais na componente federada.

Refira-se que o evento, organizado pela Federação de Ginástica de Moçambique (GYM), contou com o financiamento da Federação Internacional de Ginástica (FIG). Gímnica rítmica desportiva é uma modalidade olímpica praticada por mulheres através da realização de exercícios com bolas, fitas, arcos, cordas e massas com um acompanhamento musical.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!