Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Gerais 2014: Governo adia recenseamento eleitoral a pedido da RENAMO

O Conselho de Ministro, reunido nesta quarta-feira (29) em Sessão Extraordinária (a primeira de 2014), alterou as datas inicialmente marcadas para o recenseamento eleitoral, dos eleitores que vão eleger os membros das Assembleias Provinciais, os deputados do Parlamento e o novo Presidente de Moçambique a 15 Outubro próximo, a pedido da RENAMO para que “este partido possa melhor se preparar para as eleições”.

“As novas datas para o período de recenseamento eleitoral serão de 15 de Fevereiro a 29 de Abril de 2014” afirmou o porta-voz do Conselho de Ministros, Alberto Nkutumula, que justificou “A alteração do período do recenseamento eleitoral resulta de pedido expresso pelo partido RENAMO no contexto do Diálogo em curso entre o Governo e este partido”.

O partido de Afonso Dhlakama, que continua em “parte incerta”, que esta semana retornou a mesa de Diálogo, no Centro de Conferências Joaquim Chissano em Maputo, com o Governo tornou público esta semana em Quelimane que vai participar nas eleições Gerais deste ano.

Estes dois actos da RENAMO, aliados as cedências que o Governo tem feito, prenunciam o término da guerra que se arrasta desde Junho de 2013.

Recorde-se que o Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) prevê recensear 9 144 134 potenciais eleitores, aos quais se irão adicionar os 3 059 579 eleitores inscritos em 2013.

Segundo o Director-Geral do STAE, Felisberto Naife, deverão funcionar em todo o país 4 078 brigadas, nos 6 689 postos de Recenseamento criados. Foram formados 14 000 brigadistas e está em curso a contratação de 12 244 brigadistas. O STAE prevê contar com cerca de 3 500 agentes de Educação Cívica para a sensibilização e mobilização da população.

Não temos ainda informação sobre eventuais alterações no restante calendário das Eleições Gerais deste ano.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!