Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Garantido abastecimento de arroz

O abastecimento de arroz no mercado da província nortenha de Nampula está garantido para o presente ano, pois a Olam, um grupo económico de capitais asiáticos que opera naquela região nas áreas de comércio e agro-indústria, acaba de importar cerca de 50 mil toneladas daquele produto.

A referida quantidade, adicionadas à cerca de 20 mil toneladas de arroz remanescentes da importação efectuada no ano transacto, cobre as necessidades da província, atendendo que a Olam não é a única importadora do produto para a região, segundo revelou Orrestes Maia, promotor de vendas naquela empresa. Os preços praticados pela Olam na venda de arroz aos comerciantes grossistas da província são considerados concorrenciais. Este factor, aliado à qualidade elevada do produto importado da República do Vietname, influência a opção por parte da maioria dos consumidores.

Rafael Tarcísio, vereador do pelouro de actividades económicas no Conselho Municipal da cidade de Nampula, entrevistado há dias à margem da cerimónia de entrega de prémios ganhos por alguns concorrentes e consumidores do arroz comercializado pela Olam na província de Nampula, exaltou a estratégia de negócio adoptada por aquela firma que consiste na comercialização de um produto com qualidade a preços acessíveis a todas camadas populacionais.

Acrescentou que a edilidade vai estimular os agentes económicos que adoptarem uma postura virada para bem servir a todos os consumidores e os munícipes em geral no exercício da sua actividade económica. O volume de produção de arroz, produto tradicional e culturalmente mais consumido em Nampula, não satisfaz a demanda da província, e as importações são inevitáveis para suprir o défice.

Entretanto, nem sempre a importação privilegia a qualidade, conquanto, nos últimos tempos, esta condição seja respeitada pelos importadores, satisfazendo o desejo dos consumidores dos diversos extractos sociais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!