Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

G12 ja trabalha para as autarquicas de 2013

As próximas eleições municipais, as quartas que o país vai conhecer, estão agendadas para o ano de 2013, de acordo com o calendário pleitos aquele nível mas a coligação dos doze partidos na oposição – G12, já iniciou preparativos para se fazer presente nelas, através de acções que se traduzem na escolha e avaliação das cidades e vilas, entre as 43 onde aquela agremiação política vai concorrer.

 

 

O presidente da coligação G12, Francisco Campira, disse que o processo de avaliação das condições para que o seu partido possa concorrer para as próximas eleições autárquicas está concentrado em Nampula que alem de ser o maior circulo eleitoral é a província que detém, neste momento, a maioria do numero de municípios.

O político revelou que a sondagem feita pela sua coligação, ao nível dos seis municípios de Nampula, apontou existir condições favoráveis para o G12 concorrer nas autarquias da cidade capital provincial, Ilha de Moçambique, Nacala-porto e vila de Ribáuè. A alegada inserção do G12 ao nível do eleitorado daquelas autarquias é a razão de fundo apontada como tendo sido determinante, segundo Francisco Campira, para que o seu partido avançasse para uma decisão final de concorrer para as quartas eleições municipais de 2013.

Indagado se o G12 não estava sendo precipitado na sua preparação para o pleito de 2013,o político disse que a sua formação política é pouco conhecida no seio do eleitorado e explicou que precisamos de fazer a divulgação dos princípios que defendemos em defesa do cidadão e isso precisa de tempo para que possamos alcançar os sucessos que almejamos.

Para um trabalho de base no que concerne ao aprofundamento da avaliação das condições para a participação do G12 nas eleições autárquicas de 2013, ao nível dos municípios de Nampula, varias brigadas encontram-se no terreno a auscultar o eleitorado sobre a matéria.

A província da Zambézia, tomando o município de Mocuba como o ponto de partida, será a próxima escala do G12 para avaliação de condições visando a sua participação nas próximas eleições municipais de acordo com o respectivo presidente, Francisco Campira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!