Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

G-12 promove debate sobre democracia

Com o fito de chamar à atenção da sociedade civil moçambicana sobre o hipotético regresso ao monopartidarismo, as minúsculas 12 formações políticas moçambicanas extraparlamentares conhecidas pela designação G-12, promovem, próximo sábado, em Maputo, um debate público sobre a democracia multipartidária.

No entender do líder deste grupo, Francisco Campira, “a democracia multipartidária em Moçambique tem vindo a regredir desde o seu surgimento, em 1992, tudo porque a oposição não tem tido espaço para exercer a política, devido à marginalização da mesma pela FRELIMO”.

Campira insistiu, falando em entrevista ao Correio da manhã, que “o monopartidarismo está de regresso, porque o partido no poder está a excluir a oposição, através partidarização das instituições públicas”. O encontro do próximo dia 10 de Abril irá também ser aproveitado para o G-12 proceder a eleição do corpo directivo do Centro de Promoção de Democracia Multipartidária (CPDM), apontado por Campira como integrando cerca de 40 formações políticas activas em Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!