Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Futsal: CADE lança edição 2014 do Torneio “Xingufu”

A Comunidade Académica para o Desenvolvimento (CADE) procedeu o lançamento oficial, nesta quinta-feira (20), do Torneio de Futsal “Xingufu”, uma prova que contará com a participação das escolas da cidade de Maputo. O Ministério da Juventude e Desportos reagiu mal na cerimónia.

O Torneio Inter-escolar “Xingufu” irá movimentar um total de 16 instituições do ensino público e privado sob a gestão do Conselho Municipal da Cidade de Maputo e será patrocinado, ao “mais alto nível”, pela Nestlé Moçambique. Este anúncio foi feito por Alfa Faquir, vice-presidente da CADE, durante cerimónia de lançamento oficial daquele evento desportivo havido na tarde desta quinta-feira (20).

A prova, que conta com as parcerias institucionais do ministério da Educação, do ministério da Juventude e Desportos, bem como do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, tem como termo de participação crianças com idades compreendidas entre os 07 e os 12 anos.

“Xingufu” em três fases!

Ainda na mesma ocasião, Diogo Vitória, director geral da Nestlé, fez saber que esta competição, restrita a escolas da capital do país, arrancou há dias, com a participação de 32 equipas que se defrontaram na pré-eliminatória, tendo sido apuradas as 16 que vão disputar a fase final entre os dias 22 de Março e 03 de Maio próximos, no pavilhão do Grupo Iquebal.

Para além de troféus e medalhas para os primeiros três classificados, os jogadores que mais se destacarem poderão ganhar bicicletas e material escolar, como há também um laptop para o treinador vencedor. Um kit informático composto por um computador completo e uma impressora é o prémio destinado à escola que terminar no pódio do “Xingufu”.

Representante do Ministério da Juventude e Desportos reage mal

Num evento muito bem organizado, com um protocolo simplesmente espectacular, apesar das falhas técnicas do som do microfone, o Ministério da Juventude e Desportos não passou despercebido.

Porque não podia calar-se, David Nhantumbo, chefe do departamento de monitoria e avaliação daquele ministério, em representação do ministro do pelouro, não soube responder aos presentes que quiseram saber, dele, sobre o futuro das crianças que poderão destacar-se no “Xingufu”, sobretudo no que diz respeito às políticas de massificação do desporto.

Para além da retórica política, típica de quem não tem nada a dizer, incitando ruidosos murmúrios na sala pela falta de objectividade, David Nhantumbo foi pouco simpático ao declarar que “quem deveria responder as essas perguntas são os clubes, que nem estão aqui nesta cerimónia”.

Totalmente transpirado no interior de uma sala devidamente climatizada, David Nhantumbo ainda foi “socorrido” por um funcionário do Ministério da Juventude e Desportos, todavia não identificado mas presente na sala, que também equivocou-se, manifestamente induzindo os presentes em erro, ao afirmar que “as crianças poderão ir à Academia Mário Esteves Coluna”, um centro que qualquer desportista moçambicano sabe que forma somente jogadores de futebol onze e nunca de futsal.

De referir que o Torneio Inter-escolar “Xingufu” arranca neste sábado (22) na cidade de Maputo e será disputado por 16 equipas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!