Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Funcionários do município de Quelimane exigem 13º salário e ameaçam entrar em greve

Cerca de sessenta funcionários do Conselho Municipal da Cidade de Quelimane, na Zambézia, ameaçam retomar à greve como forma de forçar a edilidade a pagar o 13º salário referente aos anos de 2012 e 2013.

De acordo com Manuel Humberto Muthengo, afecto ao sector de Urbanização no Conselho Municipal de Quelimane, e um dos quadros que encabeça a greve, os visados tentaram por várias vezes ultrapassar este impasse mas o edil nunca demonstrou vontade de resolver o problema.

O nosso interlocutor referiu ainda que já submeteram o aviso de greve à Direcção Provincial do Trabalho e ao município, daí que as datas para a sua efectivação dependerá da resposta que obtiverem destas entidades.

Por seu turno, Manuel de Araújo, edil de Quelimane, refere que a reclamação dos trabalhadores não é legítima, porque se trata de um grupo de trabalhadores que no acto da sua integração não tinham mais de um ano de trabalho, pelo que não tinham o direito do 13º salário.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!