Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Frelimo partidariza Conselho da Juventude

O Conselho Nacional da Juventude (CNJ), organismo nacional que congrega diversas associações juvenis, incluindo as dos partidos políticos da oposição, passa a depender da Organizaçao da Juventude Moçambique, “ força de choque” da Frelimo , partido no poder.

O facto foi constatado pela nossa reportagem, último sábado, em Nampula, no decurso da Assembleia Geral Extraordinária do Conselho Provincial de Juventude (CPJ), convocada na sequência da renúncia de Ekan Diogo Dama Madeira, que conduziu os destinos daquele movimento associativo no biénio 2009/2010 e que agora alega indisponilidade de tempo para continuar as exercer as referidas funções.

Num processo conturbado e sob forte protecção policial, Leo Jamal, funcionário público e membro sénior da OJM, foi eleito presidente do CPJ, no meio de muitas contestações que ditaram o abandono da sala de pelo menos 15 dos 53 delegados.

Quatro dos cinco candidatos foram impedidos de participar do acto eleitoral por alegada falta de requisitos exigidos pelos dos estatutos da agremiação.

Alguns representantes das associações juvenis “extra-Frelimo” ouvidos pela rnossa reportagem, à margem do encontro, disseram não ter havido transparência no processo eleitoral.

Luís José Fazenda, vice–presidente do Conselho Nacional da Juventude, reconhece ter havido falhas de ordem organizacional, o que fez com que muitos candidatos fossem excluídos por não reunirem os requisitos necessários.

Não obstante estes constrangimentos, Leo Jamal, beneficiando de 38 votos válidos dos 40 depositados na urna, foi considerado vencedor, passando, deste modo, a trablhar na OJM e no CPJ.

Jamal disse, sem entrar em detalhes , que o seu programa incidirá em cinco principais linhas de acção para mudar o actual cenário do Conselho Provincial da Juventude em Nampula. Pretendemos, como primeira acção, fazer uma radiografia da nossa organização por forma a compreender até onde andamos, onde e porque parámos. E a partir daí caminhar para frente.

Portanto, a nossa maior prioridade é a revitalizaçao dos Conselhos Distriitais da Juventude existentes e a criaçao de novos Conselhos distritais por que só assim o CPJ terá uma base com a necessária solidez para representar o movimento associativo juvenil da provincia de Nampula. Disse Leo Jamal no seu primeiro discurso.

Por seu turno, Angela Reane, directora provincial da Juventude e Desportos, que orientou os trabalhos, enalteceu os esforços empreendidos pela camada juvenil na consolidação do movimento associativo.

Sublinhou que o governo aprecia as respostas que os jovens têm sabido formular no quadro da implemententação do Programa Quinquenal, em particular na sua area específica , consusbstanciada na esfera das preocupações levantadas aquando do primeiro e segundo encontros nacionais realizados em Chókwe e Cheringoma, respectivamante.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!