Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Frelimo organizou mais de 1.000 comícios em Nampula

O chefe da bancada parlamentar da Frelimo, Manuel Tomé, revelou a AIM, na cidade de Nampula, que o seu partido organizou mais de 1.000 comícios nesta província no primeiro dia da campanha para as quartas eleições presidências e legislativas e as primeiras provinciais em Moçambique, a ter lugar a 28 de Outubro próximo. “Nós tivemos um comício principal que foi o de Namicopo (bairro mais populoso da cidade de Nampula), tivemos também comícios em 20 sedes distritais, em 50 sedes de comités de zona e em 963 comités de circulo, dos quais 13 na capital provincial”, disse Tomé, que também encabeça a lista da Frelimo na provincia de Nampula.

“Portanto, na verdade, nós tivemos mais de 1.000 comícios hoje. Isto é um exercício gigantesco, pois exige muito trabalho e organização”, acrescentou. Segundo Tomé, não basta querer organizar um comício, pois existem vários factores a ter em conta, citando como exemplo controlar os excessos que poderão ser cometidos por alguns participantes, sobretudo no calor da festa, particularmente no que concerne a acidentes de viação.

“Por isso, nós já falamos com os nossos membros e simpatizantes para observarem uma conduta digna”, explicou. Esta preocupação e’ de facto pertinente, pois a própria reportagem da AIM teve a oportunidade de testemunhar algumas situações de risco, quando as crianças atravessavam a rua de uma forma imprudente durante a passagem da caravana da Frelimo, quer para recolher bandeiras ou para saudar e manifestar a sua solidariedade.

Questionado sobre a escolha de Namicopo para o lançamento da campanha eleitoral do seu partido na província de Nampula, Tomé, disse que não existe nenhuma razão particular. “Nós fazemos comícios em qualquer sítio, menos no deserto. Onde existem pessoas nós fazemos comícios e é preciso ver que para além daquele onde nos estávamos, estavam a ter lugar nesta cidade 13 outros comícios. Em 13 outros lugares, isto só na cidade”, frisou.

Sobre as expectativas da Frelimo após o pleito de 28 de Outubro próximo em termos de mandatos para o parlamento e membros das assembleias provinciais, Tomé escusou-se a responder, explicando que não gostaria de desviar as atenções daquilo que foi a sua principal mensagem no comício. Refira-se que o governador da província de Nampula, Felismino Tocoli, fez o lançamento da campanha da Frelimo na cidade de Nacala-Porto. “Sentimos que existe a necessidade de continuarmos a trabalhar em Nacala- Porto.

Era preciso ir a algum sítio, por isso decidimos ir a Nacala-Porto para consolidar as nossas posições”, disse Tomé, explicando as razões que ditaram o governador a deslocar-se aquela cidade Com uma população estimada em pouco mais de quatro milhões de habitantes, segundo os dados do Censo Populacional de 2007, a província de Nampula e’ actualmente o maior círculo eleitoral de Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!