Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Fraca adesão ao recenseamento militar em Nampula

Volvidos 18 dias desde o início do recenseamento militar no país, o Centro de Mobilização e Recrutamento de Nampula inscreveu um total de 9300 jovens, dos quais 1888 do sexo feminino, o que para os responsáveis daquela instituição ainda está aquém das metas definidas para este ano.

Aliás, a província de Nampula, a mais populosa do país, espera inscrever 19 mil jovens até o dia 28 de Fevereiro, ultimo dia do processo.

De acordo com Carlos Lâmina, delegado provincial do CPRM em Nampula, nos primeiros dias do processo, os cidadãos receavam aderir, devido a informações que davam conta de que os mesmos seriam recrutados compulsivamente para o treinamento militar e posterior envio às zonas onde ocorrem confrontos entre as forças governamentais e homens armados da Renamo.

Num outro desenvolvimento, o nosso entrevistado fez saber que após o início das aulas, serão instalados postos de recenseamento móveis em todas as escolas secundárias e institutos de formação de professores com vista a facilitar a inscrição dos jovens.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!