Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ferroviário de Maputo e Desportivo cada vez mais líderes do Moçambola

Depois de mais uma jornada do Moçambola o Ferroviário de Maputo e o Desportivo repartem a liderança com 47 pontos. Os “alvi-negros” derrotaram na tarde de sábado o HCB, por 2-1, enquanto os “locomotivas” venceram ontem o seu homónimo da Beira, por uma bola sem resposta. Os outros dois candidatos ao título, Costa do Sol e Liga Muçulmana, marcaram passo tendo os “canarinhos” empatado em Tete frente ao Chingale e os “muçulmanos” perdido com o Ferroviário de Nampula.

No estádio da Machava o campeão, perdulário, teve que lutar para garantir os três pontos perante o seu hománimo da Beira que por várias vezes chegou ao reduto seu reduto com perigo. O Ferroviário de Maputo teve a sorte de marcar cedo, num lance infeliz em que Rockssana lançou-se para interceptar o cruzamento batido pela direita e, na disputa com Mendes, não conseguiu segurar o esférico que sobrou para aquele empurrar para o fundo das redes.

O Desportivo recebeu o HCB do Songo e os pupilos de Semedo entraram ao ataque, ainda não estavam jogados 15 minutos e o Desportivo já vencia a HCB , por 2-0 com golos de Binó aos 4 e Aníbal aos 11. Os pupilos de Mussa Osman só na segunda parte apareceram com perigo e foi já depois do minuto 90 que Amílcar fez o tento de honra, respondendo de cabeça a uma bela jogada de Joaquim.

O Costa do Sol atrasou-se na luta pelo título ao empatar em Tete diante do Chingale sem abertura de contagem e tem 41 pontos.

O Ferroviário de Nampula, a lutar pela permanencia no Moçambola, recebeu a Liga Muçulmana que continua a sonhar com o título mas parece atravessar crise de resultados. O jogo começou com as duas equipes a procura do golo que só surgiram na segunda parte e para os donos da casa, Gommez ultrapssa vários adversários incluindo o guardião Neco, vai à linha do fundo e cruza atrasado, Sparrow que veio de traz para a frente, empurra o esférico para o fundo das malhas. Aos 28 minutos Gommez marca o golo da tranquilidade dos “locomotivas” de Nampula.

O Maxaquene teve que transpirar para derrotar o já despromovido Ferroviário de Nacala, por 2-1, resultado também conseguido pelo Textáfrica, em casa, frente ao FC Lichinga. O Matchedje, que continua a lutar pela manutenção, venceu na tarde de sábado o Atlético Muçulmano, por 1-0.

Na próxima jornada teremos o clássico Costa do Sol-Ferroviário de Maputo, onde os “canarinhos” tem obrigação de vencer ou ficam de fora da luta pelo título, o Desportivo vai a Tete jogar com o sempre complicado Chingale. A Liga Muçulmana recebe o Maxaquene. O Textáfrica e o Matchedje têm deslocações de grande risco a Nampula e Lichinga, respectivamente. O Ferroviário da Beira joga em casa com o seu homónimo de Nampula. O Atlético terá a visita do HCB.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!