Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ADVERTISEMENT

“Ferroviárias” de Maputo mantém reinado no basquetebol feminino pelo 6º ano consecutivo

“Ferroviárias” de Maputo mantém reinado no basquetebol feminino pelo 6º ano consecutivo

Foto da página do facebook do Ferroviário de MaputoAs “ferroviárias” de Maputo mantiveram o seu reinado no basquetebol sénior feminino de Moçambique pelo sexto ano consecutivo derrotando o Costa do Sol em duas das três partidas da final que revelaram uma nova estrela: Delma Zita.

Embora o nacional tenha sido reforçado pelas equipas de Mucopelinhas, representando a Província de Nampula, Dream team, da Província de Cabo Delgado, e o Clube de Desportos Municipal da Beira, representando a Província de Sofala juntamente com o Ferroviário local, o Ferroviário de Maputo continua sem adversárias à altura.

Em mais uma final contra o Costa do Sol, a quinta consecutiva, as meninas treinadas por Leonel Manhique venceram o 1º jogo da final, na sexta-feira (28), por 40 a 60 pontos.

Depois de um período inicial equilibrado e que terminou 9 a 12 pontos, as “ferroviárias” começaram a dilatar a vantagem, saíram para o descanso a vencer por 22 a 34 pontos, e no 3º período sentenciaram a partida por 33 a 48 pontos.

No sábado (29) as “canarinhas” voltaram para a quadra do pavilhão do Maxaquene para adiar a decisão, perderam o 1º período pela margem mínima, 18 a 16 pontos, e mantiveram a desvantagem de 2 pontos até ao intervalo, 28 a 26 pontos.

Mas depois faltaram opções a Deolinda Ngulela que viu o Ferroviário a distanciar-se, abrir uma vantagem de 14 pontos e entrar para o derradeiro período a vencer por 44 a 32 pontos.

O Costa do Sol ainda tentou reagir, Elisabeth Pereira abriu o placar com uma “bomba”, mas o Ferroviário não deu chances e assegurou a manutenção do título vencendo por 59 a 45 pontos.

Para além da experiência das campeãs africanas em clubes – Anabela Cossa, continua com a mão quente e renovou o título de melhor triplista nacional, Odélia Mafanela, melhor marcadora do campeonato, e Ingvild Mucauro – o Ferroviário de Maputo mostrou jovens promessas para o basquetebol nacional tendo uma delas sido eleita a Jogadora Mais Valiosa: Delma Zita.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!