Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Felipe Massa já consegue levantar da cama

Felipe Massa terá uma recuperação completa e sem sequelas, e já conseguiu levantar e caminhar em torno de sua cama, anunciou esta quarta-feira seu médico pessoal, Dino Altman. “Ele não parece ter sofrido danos permanentes”, declarou Altman aos jornalistas reunidos no Hospital Militar de Budapeste, onde o piloto brasileiro se encontra internado desde o grave acidente de sábado passado.

“Hoje ele se levantou e andou em torno da cama”, acrescentou. “A condição de seu cérebro melhorou e não há sinais preocupantes”, disse ainda. O doutor Altman negou as informações a respeito de que seu paciente sofreria de uma inflamação biliar. Mais cedo, uma fonte hospitalar mencionou que o piloto de 25 anos teria uma inflação biliar.

“No impacto, o cinto de segurança comprimiu violentamente seu corpo, e seus intestinos e a vesícula biliar sofreram um grande impacto”, declarou um médico, que não se identificou. Segundo esta fonte, a inflamação estava, como seu estado geral, sob controle e o paciente não apresenta cálculos biliares. Quanto a uma data para Massa deixar o hospital, Altman explicou que ainda não há nada definido, mas que pode acontecer ao longo dos dez dias como antecipado pelos médicos locais.

“Deixar o hospital não está na ordem no dia. Temos que ver como transcorre sua recuperação”, enfatizou Altman, acrescentando que ainda não foi decidido se o piloto será transferido para a França ou o Brasil. Segundo a família do piloto, falando à imprensa brasileira, Massa talvez seja transferido nesta quinta para um hospital em Paris, o mesmo em que foram atendidos o piloto alemão Michael Schumacher e o jogador Ronaldo.

Na véspera, o médico pessoal do brasileiro considerou “fantástica e maravilhosa” a recuperação de seu paciente. “O traumatismo sofrido por Felipe Massa foi leve e moderado. A cirurgia a que foi submetido nada mais foi do que retirar um osso que comprimia o cérebro. Foi um procedimento relativamente simples, que durou pouco tempo. Seu restabelecimento está acima das expectativas, excelente”, afirmou.

Acrescentou ainda que a cavidade ocular foi atingida, não o globo ocular nem o nervo óptico. “Qualquer outra informação a respeito é pura especulação”, prosseguiu o médico. O dr. Altman contou ainda que o piloto recorda bem das duas voltas que realizou momentos antes do acidente durante os treinos classificatórios para o Grande Prêmio da Hungria.

Quando respondeu à pergunta de Felipe sobre quem foi o vencedor do GP (Lewis Hamilton), Massa exclamou: “Não posso acreditar! Essa era minha corrida”. Massa foi atingido quando estava em alta velocidade por uma mola que escapou do amortecedor da Brawn GP de Rubens Barrichello que o precedia. Ele estava a mais de 250 km/h.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!