Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Faúlhas provocam incêndio no Dondo

Faúlhas provocadas por maçarico durante o corte de sucata causaram, Quarta-feira, no Dondo, incêndio de pequenas proporções nos estaleiros da empresa Transportes Carlos Oliveira (TCO).

As chamas não implicaram a perda de vidas humanas nem ferimentos, tal como apurou a Reportagem do Diário de Moçambique no local do incidente, o primeiro do género, este ano.

Uma equipa do Serviço Nacional de Salvação Pública, Delegação de Sofala, foi ao local para debelar o fogo, que temia em devorar os pneus usados, que se encontravam numa carroçaria em desuso.

Um dos trabalhadores seniores da TCO, que se escusou a identificar-se, explicou que as faúlhas foram a causa das chamas e se não houvesse pneus nada poderia acontecer.

Afirmou que houve a necessidade de solicitar aquela equipa visto que o fogo tinha a tendência de propagar-se. No entanto, não foi possível abordar a equipa que debelou o fogo, porque, na altura em que a reportagem chegou, estava a retirar-se do local do incêndio.

O Diário de Moçambique não parou por aí. Telefonou para o comandante, José Mbumbua, sem sucessos, visto que o telemóvel chamou sem que atendesse.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!