Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Fatah e Hamas fecham acordo para formar governo palestino

O movimento Fatah, do presidente palestino Mahmoud Abbas, selou um acordo com o grupo rival Hamas para formar um governo interino e estabelecer a data para uma eleição geral, anunciaram autoridades esta quarta-feira. O acordo-surpresa foi promovido pelo Egito e seguiu-se a negociações secretas entre os dois lados, que travaram uma breve guerra civil em 2007 que deixou o Hamas no controle da Faixa de Gaza, e Abbas, que tem o apoio do Ocidente, à frente da Cisjordânia.

A unidade palestina é considerada crucial para reviver qualquer perspectiva para um Estado palestino independente. “Concordamos em formar um governo composto por figuras independentes que começarão com os preparativos para uma eleição presidencial e parlamentar”, disse Azzam al-Ahmad, o líder da equipe de negociação do Fatah no Cairo. “As eleições ocorrerão daqui a oito meses”, acrescentou.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que o acordo não vai assegurar a paz no Oriente Médio e pediu a Abbas que continue afastado do movimento islâmico Hamas. “A Autoridade Palestina precisa escolher entre a paz com Israel ou a paz com o Hamas. Não há possibilidade de paz com ambos”, disse Netanyahu em comunicado transmitido na TV.

A população palestina vinha pedindo reiteradamente que seus líderes resolvessem as profundas divisões, mas os analistas por muito tempo argumentaram que as diferenças entre os dois lados em questões como segurança e diplomacia eram muito grandes para se chegar a um acordo. Mahmoud al-Zahar, líder sênior do Hamas que participou das conversações, disse que o acordo abrange cinco pontos, incluindo eleições, formação de um governo interino de união e a união das forças de segurança. “Nós também debatemos a ativação do Conselho Legislativo Palestino, a OLP (Organização para a Libertação da Palestina), assim como a formação de um governo consistindo em figuras nacionalistas de comum acordo”, disse Zahar à televisão Al Jazeera numa entrevista. Ele também afirmou que o Hamas e o Fatah concordaram em libertar os prisioneiros detidos por cada um dos lados.

A Casa Branca disse que o Hamas é uma “organização terrorista” e acrescentou que qualquer governo palestino deve renunciar à violência. Uma autoridade norte-americana disse ainda que um novo gabinete terá que respeitar acordos de paz anteriores e reconhecer o direito de Israel ser um Estado.

Os levantes pró-democracia no mundo árabe provavelmente estimularam as conversas de reconciliação, com a nova liderança do Egito ávida por mostrar sua autoridade sobre a região. “As intenções foram mais sérias desta vez e foram coroadas pelos esforços de nossos irmãos egípcios”, afirmou Taher al-Nono, porta-voz do governo do Hamas em Gaza. Analistas afirmam que a atual crise na Síria, onde está baseada parte da liderança do Hamas, também colocou pressão sobre o grupo para tentar encerrar seu isolamento na Faixa de Gaza, um pequeno enclave costeiro que faz fronteira com Israel e Egito.

A implantação do acordo vai acontecer após uma cerimônia oficial de assinatura no Cairo, prevista para o início de maio. O governo interino não deve incluir autoridades do Hamas, numa tentativa de impedir o tipo de boicoite internacional que prejudica os palestinos desde a eleição conturbada de 2006. Abbas depende da ajuda do Ocidente, que ele tem usado para construir as instituições necessárias para formar um Estado independente.

As negociações de paz entre Israel e Abbas, intermediadas pelos Estados Unidos, foram interrompidas no ano passado, e o presidente palestino tem feito pressão na ONU para obter o reconhecimento ao direito palestino de uma nação independente no território que Israel ocupou na guerra de 1967.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!