Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Família da anciã assassinada no bairro da Costa do Sol exige justiça

Jazem no Cemitério de Lhanguene, em Maputo, desde esta Quarta-feira (08), os restos mortais de Margarida Massinga, anciã assassinada na sua própria residência, no bairro da Costa do Sol, na madrugada desta Segunda-feira (06), por um grupo de malfeitores, quando tentava socorrer a sua neta, de 10 anos de idade, abusada sexualmente.

Devido às lesões contraídas em consequência da agressão sexual protagonizada pelos malfeitores, ora a contas com a Polícia, a criança foi submetida a uma cirurgia e está internada no Hospital Central de Maputo. Enquanto isso, os familiares da vítima e da malograda, bem como os residentes do bairro da Costa do Sol exigem justiça em relação ao caso.

Esta Quinta-feira, o @Verdade esteve na casa de Margarida Massinga e apurou que ela morreu devido aos golpes fatais na sua cabeça com recurso a um machado. Na altura em que o filho da finada, João Nhacumba, falava à nossa Reportagem lembrou-se da forma bárbara como a sua mãe encontrou a morte e deitou lágrimas de dor e angústia.

Visivelmente inconformismo com a perda, o jovem desabafou exigindo que se faça justiça e haja pena severa e exemplar para quem tirou a vida da sua progenitora e violou sexualmente a sua sobrinha.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!