Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Falta de dinheiro para combustível paralisa o barco Lua-Lua em Quelimane

A falta de dinheiro para a compra de combustível provoca a paralisação do barco Lua-Lua, que faz a travessia Quelimane/Chinde, na província da Zambézia.

O grande problema neste momento, segundo o Director Provincial dos Transportes e Comunicações na Zambézia, Alberto Manherage, é a falta de dinheiro na Transmarítima, empresa gestora da embarcação, para a compra de combustível.

Alberto Manherage disse que enquanto a transmarítima não encontra solução, o governo provincial da Zambézia está a encetar contactos com o governo central, no sentido de apoiá-lo a solucionar o problema, além da comparticipação da empresa.

O barco Lua-Lua, que iniciou o transporte de passageiros e bens, de Quelimane a Chinde e vice-versa em 2012, paralisou as suas actividades em Fevereiro deste ano, quando encalhou devido a erros da tripulação.

Segundo o Director Provincial dos Transportes e Comunicações na Zambézia, de Quelimane a Chinde o barco gasta dois mil litros de combustível.

O barco que custou perto de três milhões de Euros, o equivalente a cerca de cento e quarenta milhões de meticais, tem a capacidade de transportar, em cada viagem, oitenta passageiros, quatro viaturas ligeiras e carga diversa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!