Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Falta de água e balneários revolta vendedores em Manica

Os vendedores do Mercado Macombe, no distrito de Baruè, rebelam-se com o Conselho Municipal da Vila de Catandica na província de Manica devido ao encerramento do balneário, por ausência de água. São 360 vendedores, que ameaçam entrar em greve, próxima Segunda-feira (10).

O chefe do mercado em causa, Octávio Franze, explicou a desavença entre os dois lados surge após a transferência forçada dos vendedores, pelo município, no mês passado, o Mercado de Macombe. Este não reúne as condições sanitárias prometidas.

De acordo com Octávio Franze, os vendedores estavam num lugar seguro, onde os clientes afluíam normalmente. Entretanto, reclamam também estarem a pagar impostos, que por mês rendem mais de 80 mil à edilidade, sem com isso verem benefícios.

Neste momento, os vendedores recorrer à vizinhança para ter acesso a um balneário, segundo Franze. O vereador de mercados, José Armando Zuca, foi, sem sucesso, contactado para fazer o “contraditório”. O substituto do Presidente do Conselho Municipal, Marcelino Faifetine, disse que o assunto não lhe compete.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!