Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Faleceu o jornalista Emílio Manhique, vítima de doença (1960-2015)

Emílio Manhique, jornalista da Rádio Moçambique, faleceu na manhã deste domingo(04) vítima de doença, na capital moçambicana

Segundo a emissora estatal, Manhique teria se queixado de febres durante o dia deste sábado e o seu estado de saúde agravou-se na madrugada de domingo acabando por falecer à caminho do Hospital Central de Maputo.

Emílio Manhique notabilizou-se entre outras missões jornalísticas, na cobertura em directo de Roma, Itália, da cerimónia de assinatura do Acordo Geral de Paz para Moçambique, que neste domingo assinalou precisamente este domingo 23 anos.

O jornalista teve uma passagem pela Televisão de Moçambique (TVM).

Manhique, que nasceu a 28 de Outubro de 1960, em Xai-Xai, província de Gaza, até à sua morte, era editor do programa jornal da Manhã da emissora nacional, desde 2002.

Ele foi admitido na Rádio Moçambique a 1 de Dezembro de 1980, como redactor-estagiário.

 

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!