Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Extensionistas passam a ter campos de demonstração

Os extensionistas agrários moçambicanos passarão, a partir da próxima época, a ter campos de demonstração de técnicas agrícolas. Esta medida, segundo o Ministro da Agricultura, José Pacheco, visa acabar com situações em que extensionistas transmitem teoricamente, aos camponeses, técnicas de cultivo de culturas alimentares.

Falando, Domingo último, na cidade de Zhengzhou, no âmbito da visita de Estado do Presidente Armando Guebuza a China, terminada na passada Segundafeira, Pacheco disse que este país está a alcançar resultados inéditos na agricultura graças a experiências deste género.

“A China leva os camponeses para um centro onde os extensionistas tem campos de demonstração”, declarou Pacheco, que acompanhou o Presidente Guebuza na visita que efectuou ao Parque Tecnológico de Agricultura da Província chinesa de Henan.

De acordo com Pacheco, a ideia do governo moçambicano é replicar, internamente, esta iniciativa tecnológica chinesa. O Ministro indicou que a fraqueza na obtenção de melhores rendimentos agrários em Moçambique reside, em parte, na transferência de tecnologias para a classe produtora.

“Viemos aprender da experiência chinesa”, vincou Pacheco. Ele acrescentou que é um facto que os centros de pesquisa estão a gerar tecnologias que garantem altos rendimentos.

Em Moçambique, segundo o Ministro, vai se investigar regiões que tem alguma similaridade com zonas chinesas de maior produção para que se aplique as iniciativas em questão e se alcance os rendimentos agrários desejados.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!