Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Exército egípcio diz que não usará força em protestos

O Exército do Egito anunciou num comunicado, na segunda-feira, que não vai usar a força contra os egípcios que participam de protestos no país, exigindo a renúncia do presidente Hosni Mubarak. O conjunto militar afirmou que a “liberdade de expressão” está garantida para todos os cidadãos que usam meios pacíficos.

Foi a primeira confirmação explícita do Exército de que não irá avançar contra os manifestantes que saíram às ruas do país desde a semana passada para pressionar pela derrubada de Mubarak, no poder há 30 anos. “A presença do Exército nas ruas é por sua causa e para garantir sua segurança e bem-estar. As forças armadas não vão recorrer ao uso da força contra o nosso grande povo”, afirmou o comunicado.

“As suas forças armadas, que estão cientes da legitimidade de suas demandas e estão ansiosas para assumir a sua responsabilidade em proteger a nação e os cidadãos, afirmam que a liberdade de expressão através de meios pacíficos é garantida para todos.”

O Exército pediu que as pessoas não recorram a atos de sabotagem que violem a segurança e destruam as propriedades pública e privada. Os militares também advertiram que não permitirão que criminosos ataquem, saqueiem e “aterrorize os cidadãos”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!