Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Exército egípcio bane servidores da era-Mubarak das eleições

O Conselho do Exército que governa o Egito aprovou uma lei que bane autoridades da era-Hosni Mubarak de concorrer à Presidência, noticiou o jornal al-Ahram, esta Terça-feira, uma medida que exclui o ex-primeiro-ministro Ahmed Shafiq do pleito.

Uma cópia da lei publicada no site do al-Ahram afirma que entraria em vigor a partir de 24 Abril e mostra que o documento foi impresso no diário oficial, confirmando que a legislação esboçada pelo Parlamento, este mês, havia sido aprovada pelos generais no poder.

A lei nega direitos políticos a qualquer um que serviu ao presidente, vice-presidente ou primeiro-ministro na década anterior à remoção de Mubarak do poder, a 11 de Fevereiro de 2011.

Aplica-se também a qualquer um que serviu em cargos altos no partido do governo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!