Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Excesso de velocidade e de carga origina acidente viação na Zambézia

Uma viatura que fazia o trajecto Mocuba – Quelimane e por sinal, licenciada na actividade de transporte de passageiros, capotou no final da tarde e princípio da noite do passao sábado, no troço entre Mocuba e Namacurra, concretamente ao pé da quinta Sotomane, para quem conhece a estrada que vai a Mocuba, causando dezenas de feridos e uma vítima mortal.

A reportagem do Diário da Zambézia testemunhou o acidente que ocorreu por volta das 18 horas e no local eram visíveis as marcas de sangue e de pessoas feridas. Ficamos a saber que neste acidente causado por excesso de velocidade e também de carga, houve um morto e mais de 15 pessoas feridas. As causas apontadas por alguns passageiros que encontramos ainda no local são de que a viatura vinha em alta velocidade e também carregava mais de 40 sacos de milho para além de tomate em quantidade não especificada.

Ainda mais, mesmo com esta carga, a viatura ainda levou pessoas. Foi dai que durante o percurso, estoirou o pneu da parte traseira tendo desequilibrado a viatura que de seguida capotou. Apessoa que morreu no local, permaneceu mais de 2 horas de tempo no local, aguardando-se uma ambulância a partir de Mocuba.

Alguns feridos foram socorridos e outros, com meios próprios, saíram em viaturas para os hospitais de Namacurra e Mocuba, consoante a gravidade dos casos. Até a altura que estivemos a captar estas imagens que ilustramos, estavam dois agentes da polícia. Sendo um de trânsito e outro da Polícia Municipal de Mocuba fazendo o trabalho preliminar para apurar as causas do acidente.

O malogrado era o dono desta carga de milho e uma das pessoas que o conhecia, explicou ao Diário da Zambézia que a vítima era natural de Namanjavira, mas não deu mais detalhes sobre os seus familiares.

Refira-se que os casos de acidente tem vindo a se registar um pouco pelo país, mesmo no meio de apelos de todas forças vivas, mas alguns automobilistas ignoram tudo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!