Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Exames finais começaram hoje

Arrancaram oficialmente hoje em todo o país, os exames finais do ensino secundário geral (10ª e 12ª classes) referentes ao ano lectivo 2011, envolvendo um total de 1.5 milhões de alunos. Este número representa um crescimento de 140. 671 candidatos, o correspondente a dez por cento, em relação aos examinados do ano passado, onde foram testados 1. 412 mil alunos.

Segundo o jornal Diário de Moçambique, Nampula, no norte do país, é a província com maior número de candidatos, com um total de 251. 572 inscritos.

Os primeiros a entrar em cena foram os alunos do 3º ano de alfabetização e educação de adultos (AEA), tendo iniciado as provas no dia 3 de Novembro do corrente ano lectivo, com a efectivação das provas de Língua Portuguesa e Ciências Naturais. Já os alunos do ensino geral (10ª e 12ª classes) vão fazer exames de hoje até a próxima segunda-feira (14 de Novembro) e os do ensino primário, de 15 a 18 do mês corrente. Hoje, na 10ª classe serão feitas as provas da Língua Portuguesa e História, enquanto na 12ª classe os exames serão da Língua Portuguesa e Filosofia.

Segundo fonte do Ministério da Educação, citada pelo jornal Diário de Moçambique, o calendário de exames deste ano foi alterado devido à realização das eleições intercalares que vão ter lugar nas cidades de Quelimane, Cuamba e Pemba, no dia 7 de Dezembro. Nesta data, estarão em curso os exames da segunda época e, como este tipo de prova é de nível nacional e por três cidades reservaram à data para às eleições, este pelouro decidiu cancelar as provas agendadas para este dia, passando estas para o dia 8. Para além disso, na primeira época, o calendário de exames estabelecia que os alunos do ensino primário (5ª e 7ª classes) deveriam realizar os testes no dia 14, mesma data que terminam os da segunda época do ensino secundário geral, (10ª e 12ª classes). Assim, para evitar coincidência, os exames do nível básico vão arrancar no dia 15 de Novembro.

EXAMES PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA

Entretanto, pelo menos 593 alunos do ensino primário e secundário com deficiência visual e auditiva serão submetidos a exames especiais em todo o país. Trata-se de um número considerado recorde pelas autoridades de Educação. Em anos anteriores, o Ministério da Educação conseguia examinar em média 200 alunos. Daquele número de examinandos, 403 são do ensino primário, sendo 244 da 5ª classe e 169 da 7ª classe. Os restantes, 180 são da 10ª classe e 73 da 12 classe. As provas para candidatos com deficiência visual serão traduzidas para Braille.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!