Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Exames decorrem sem sobressaltos

Os exames finais do ano lectivo 2009, que hoje iniciaram em Moçambique, decorreram com normalidade, particularmente na cidade de Maputo, capital do pais. As primeiras informações referem que não se registou qualquer anomalia neste primeiro dia de exames que em todo o país abrangem mais de 1,4 milhões de alunos.

Esta cifra representa um aumento de 44 mil examinandos em comparação com o ano passado, segundo o Ministério da Educação e Cultura. Entretanto, alguns alunos que chegaram atrasados não foram permitidos entrar nas salas e fazer exames, segundo reza o regulamento.

Até 11 de Dezembro, serão examinados alunos da 5ª, 7ª, 10ª e 12ª classes do ensino geral, bem como os estudantes do 1.º, 2.º e 3.º ano do ensino técnico profissional. Os exames finais vão incluir também formandos dos cursos de professores e alunos dos programas de alfabetização de adultos.

Segundo o directornacional de Exames e Certificação do Ministério da Educação, Jafete Mabote, 47 supervisores e inspectores nacionais vão acompanhar o processo nas 11 províncias moçambicanas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!