Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ex-guarda-redes Bruno é condenado a 22 anos por assassinato de Eliza

O ex-guarda-redes brasileiro, Bruno Fernandes, foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão pela morte da sua ex-amante, Eliza Samudio, em penas acumuladas pelos crimes de homicídio, ocultamento de cadáver e sequestro de menor, informou o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, na madrugada desta Sexta-feira (8).

Sentenciado por um júri popular, o veredicto foi lido por volta das 2h da manhã pela juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, do Tribunal de Justiça de Contagem. De acordo com o TJMG, o ex-guarda-redes recebeu a pena de 17 anos e 6 meses, em regime inicialmente fechado, pelo crime de homicídio triplamente qualificado “por motivo torpe, com emprego de método que dificultou a defesa da vítima e com emprego de meio cruel (asfixia)”.

Somaram-se à isso, a pena de 1 ano e 6 meses, em regime aberto, por ocultação de cadáver e mais 3 anos e 3 meses pelo sequestro do filho de Bruno com Eliza. A pena foi agravada em três meses pelo facto de a criança ser o filho do jogador.

“O desenrolar do crime de homicídio conta com detalhes sórdidos e demonstração de absoluta impiedade”, disse a juíza no seu veredicto. “O réu Bruno Fernandes acreditou que sumindo com o corpo, a impunidade seria certa.”

Bruno está preso desde Julho de 2010. A sua ex-esposa Dayanne Rodrigues foi absolvida do crime de sequestro da criança, após considerarem que ela agiu sob pressão.

Segundo o promotor de Justiça Henry Vasconcelos, o assassinato da ex-modelo e então amante do guarda-redes, ocorrido em Junho de 2010, foi executado por Marcos Aparecido de Souza, conhecido como Bola, com ajuda de Luiz Henrique Romão, o Macarrão, braço direito de Bruno.

Macarrão foi condenado a 15 anos de prisão, 12 em regime fechado, pelos crimes de sequestro e cárcere privado e pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza, no mesmo tribunal, em Contagem. O julgamento do terceiro acusado, Bola, está marcado para o dia 22 de Abril.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!