Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Europa certifica produtos moçambicanos de exportação

Produtos agropecuários moçambicanos deverão, “proximamente”, passar a ser certificados pelo instrumento GLOBALGAP, da Europa, de avaliação da qualidade de bens alimentares exportados por vários países para aquele exigente mercado.

Os preparativos para aderência de Moçambique àquele instrumento estão em curso desde 2010, segundo o Instituto para Promoção das Exportações (IPEX), e culminarão com a certificação dos produtos moçambicanos destinados àquele mercado.

A produção de bens alimentares ambientalmente sustentáveis é um dos requisitos principais para a certificação dos produtos pelo GLOBALGAP que consiste na avaliação de todo o processo de produção, controlo da qualidade da semente, fases de desenvolvimento e abate de animais cujos derivados destinam-se à exportação para Europa.

Numa primeira fase, deverão beneficiar da certificação para a Europa flores ornamentais, amêndoa da castanha de caju, piripíri, manga, ananás, peles de animais e mariscos, havendo também uma outra lista de produtos que está a ser objecto de selecção para a Europa.

Frisa-se que para além de contribuir para incremento das exportações, a certificação de produtos moçambicanos irá permitir também um aumento da procura interna de bens nacionais e ainda melhorar a segurança alimentar em Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!