Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

EUA lidera ranking de principais países de origem do investimento estrangeiro em Sofala

Os Estados Unidos da América (EUA) tornaram-se o país que canalizou maior valor de investimento para a província de Sofala no terceiro trimestre (Julho, Agosto e Setembro) deste ano.

A lista liderada pelos Estados Unidos da América inclui outras nove nações que se evidenciaram no conjunto dos países potenciais investidores neste ponto do país, respectivamente República Popular da China, Reino Unido, Emiratos Árabes Unidos, Portugal, Irlanda, Líbano, Zâmbia, Paquistão e Suíça.

Portugal é o único estado da comunidade lusófona a integrar a lista e a Zâmbia é o único país africano e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) que direccionou maior valor de investimento para Sofala no terceiro trimestre de 2011.

Uma fonte do Centro de Promoção de Investimentos (CPI), na cidade da Beira, indicou que o valor total do investimento estrangeiro aprovado no terceiro trimestre deste ano para a província de Sofala totaliza 109 milhões de dólares, sendo que a contribuição dos EUA é de 49.17 por cento, ou seja, 53.6 milhões de dólares.

A República Popular da China que figura na segunda posição do ranking contribuiu com 40.2 milhões de dólares, correspondentes a 36.92 por cento do valor global de 109 milhões de dólares americanos.

Na Terceira e quarta posições aparecem o Reino Unido e os Emiratos Árabes Unidos com 11.54 por cento (12.5 milhões de dólares) e 1.36 por cento (1.4 milhão de dólares) respectivamente.

Os restantes países, nomeadamente Portugal, Irlanda, Líbano, Zâmbia, Paquistão e Suíça figuram nas posições seguintes com contribuições quase sem expressão, ou seja, a baixo de um por cento do investimento global.

A grande surpresa que se pode observar da lista dos principais países de origem do investimento realizado em Sofala no último trimestre do ano é a ausência da República da África do Sul, país africano que tradicionalmente tem sido o maior investidor nesta província do centro de Moçambique.

A fonte do CPI que nos passou esses dados não explicou o que estará se passando, mas disse acreditar esse quadro pode ser invertido no presente trimestre.

Entretanto, a fonte não identificou as áreas para as quais os dez principais países que canalizaram investimento para a província de Sofala no penúltimo trimestre do ano corrente.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!