Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ADVERTISEMENT

Estado é culpado e condenado indeminizar a mãe do Hélio, menor morto nas manifestações de 2010

Estado é culpado e condenado indeminizar a mãe do Hélio

O Tribunal Administrativo considerou o Estado moçambicano culpado pela morte de Hélio Muianga, um menor de 11 anos de idade que perdeu a vida a 1 de Setembro de 2010, durante manifestações populares que aconteceram na cidade e província de Maputo, atingido por uma bala disparada pela Polícia da República de Moçambique.

O tribunal condenou o Estado ao pagamento de uma indemnização de 500.000 Meticais à mãe do Hélio, anunciou esta quarta-feira a Liga dos Direitos Humanos.

Clique aqui para recordar o dia em que Hélio não voltou para casa

“Atingiram-no aqui na cabeça”, berra uma mulher indignada, enquanto levanta o improvisado sudário. “Chamava-se Hélio tinha 11 anos e regressava da escola quando foi atingido”, diz-nos Albino Massinga, pedreiro de profissão e activista em várias organizações cívicas. “Estamos contra o aumento do custo de vida, é um protesto legítimo. Eu vivo com menos de 50 meticais por dia. Se a manifestação existe é porque as pessoas não estão contentes. Eu saí de casa porque senti o peso que outras pessoas que estão aqui sentem. Dói sermos explorados injustamente.”

Leia AQUI a história da mãe do Hélio.

Recorde-se que nas manifestações populares de 1 e 2 de Setembro de 2010 os agentes PRM feriram várias pessoas e mataram 14.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!