Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Espanha 2-Honduras 0: O que eles disseram após o jogo

“Abrimos o caminho para disputar a classificação contra o Chile, mas acho que não fizemos um bom jogo. Criamos muitas oportunidades e merecíamos ter vencido por mais de dois gols, porém não estou completamente satisfeito: mais uma vez faltou finalizar. Além disso, estávamos abertos demais, muito vulneráveis, e se jogarmos assim contra o Chile podemos ter problemas. Por quê? Porque é uma seleção bastante dinâmica, agressiva, muito difícil de atacar. Ademais, se arriscam pouco e sobem com velocidade. Mas os meus jogadores sabem lidar com a pressão.” Vicente del Bosque, técnico da Espanha.

“O objetivo era roubar a bola da Espanha e jogar rapidamente para os nossos atacantes. Tivemos duas ou três chances, mas faltou firmeza para marcar o golo. Contra a Suíça, esperamos mais um jogo difícil, mas será muito diferente do de hoje. Agora, precisamos ver como será a recuperação psicológica dos jogadores e fazer de tudo para deixar o futebol hondurenho orgulhoso.” Reinaldo Rueda, técnico de Honduras.

“Estamos felizes pela partida. Vencemos e convencemos, porque dominamos e atacamos muito. Da outra vez também jogamos bem, só nos faltou sorte. Hoje fizemos dois golos, mas voltamos a falhar em muitas ocasiões. Dependemos apenas de nós mesmos contra o Chile: se ganharmos, passamos para a fase seguinte.” David Villa, atacante da Espanha eleito melhor do Jogo.

“Caímos lutando. Enfrentamos uma grande seleção e acho que fomos muito bem, porque fazer suar uma equipe desta qualidade tem muito valor. Portanto, mesmo com a derrota temos motivo para ficar satisfeitos. Contudo, ainda não estamos mortos, porque os de cima querem evitar o Brasil (nas oitavas de final) e se eles (os chilenos) vencerem, temos chances. Vamos trabalhar até o fim para tentarmos nos classificar.” Osman Chávez, defesa das Honduras.

“O importante é que agora só dependemos de nós mesmos. A seleção encontrou o caminho e a única coisa que precisa melhorar é a eficiência na finalização. É claro que teria sido vantajoso conseguir um placar mais elástico, mas agora jogaremos contra o Chile com a confiança no alto.” Sergio Ramos, defensor da Espanha “Conseguimos segurar a Espanha durante um tempo, porém eles souberam conduzir o ritmo do jogo e aproveitar as oportunidades de gol. Trabalhamos bem e tentamos surpreender no contra-ataque, mas, no futebol, quem faz vence. Apesar de tudo, ainda temos chances.” David Suazo, atacante das Honduras.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!