Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Escolas às moscas no primeiro dia das matrículas

As escolas secundárias da cidade de Maputo registaram pouca afluência de alunos e de pais e encarregados de educação, esta quarta-feira (2), primeiro dia das matrículas para o ano lectivo de 2013. O @verdade fez uma ronda por algumas escolas e constatou que estavam às moscas.

De acordo com alguns dirigentes dos estabelecimentos de ensino visitados, a fraca afluência deve-se em grande parte à coincidência do início das matrículas com o início do ano, período em que parte dos alunos ainda encontra-se de viagem.

Para o director da Escola Secundária Francisco Manyanga, Orlando Dima, o processo, naquela instituição, está a decorrer dentro da normalidade.

Assumiu que estaria mais satisfeito se houve uma presença massiva dos alunos logo no primeiro dia. Segundo ele, tem disponíveis 900 vagas para a 8ª classe, das quais 200 são para curso nocturno.

Para a 11ª classe, aquela instituição possui 1.300 lugares, sendo que 500 são para curso nocturno. Na Escola Secundária Josina Machel, o fenómeno não era muito diferente.

A directora dessa instituição, Maimuna Ibrahimo, apontou, por seu turno, que a escola tem disponíveis, para este ano lectivo, 670 vagas da 8ªclasse e 845 da 11ª, todas para o curso diurno.

A Josina Machel está a informatizar os dados dos alunos para, segundo a directora, flexibilizar o processo. Tais dados incluem também o contacto dos pais e encarregados de educação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!