Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Escola de Matalane gradua 1.602 agentes da Polícia

A Policia moçambicana (PRM) conta com 1.602 novos quadros graduados na quinta-feira pela Escola Prática de Matalane, distrito de Marracuene, província sulista de Maputo, após terminarem o seu curso de oito meses. Do total dos agentes graduados, 1.252 são da Policia de Protecção (PP) e 350 da Guarda Prisional (GP).

Igualmente, deste universo, 306 indivíduos graduados são do sexo feminino. Falando durante a cerimónia de encerramento deste curso, o Presidente moçambicano, que é também Comandante em Chefe das Forças de Defesa e Segurança, Armando Guebuza, apelou aos graduados para serem fiéis servidores da pátria de forma a contribuírem para elevar o seu bom-nome e o da própria corporação.

“Saibam honrar as felicitações de todos que vieram vos saudar pelo sucesso alcançado, sejam fies servidores desta pátria de heróis e contribuam para elevar o seu bom-nome e o da corporação”, reiterou Guebuza. O estadista moçambicano disse também aos graduados que os resultados por eles alcançados durante o curso não só orgulham a eles e aos seus familiares, mas sim a toda a pátria. “Hoje, estão aqui membros do Governo, dirigentes da PRM, nossos parceiros de desenvolvimento, vossos familiares e amigos para convosco celebrarem o que é corolário do vosso bom aproveitamento pedagógico.

Por isso, os resultados que obtiveram não orgulham apenas a vós e as vossas famílias. Eles orgulham a todos nós”, disse Guebuza. Ainda na sua intervenção, Guebuza recordou aos novos agentes da Policia o desafio que deverão enfrentar com a chegada da quadra festiva, uma das alturas mais complicadas do ano de ponto de vista de segurança. “Trata-se de um momento caracterizado por situações de ânimos de que devem servir como polícias sãs e muito mais recorrentes, de forma a garantirem a protecção e integridade física do cidadão, bem como dos seus bens, com serenidade, zelo e profissionalismo”, frisou o Chefe do Estado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!