Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Entrega de prémios da taça Top 6 SOJOGO

Entrega de prémios da taça Top 6 SOJOGO

Teve lugar, no passado dia 18 de Março, a cerimónia de entrega de prémios da taça de honra Top 6 Sojogo, tendo-se destacado a atribuição de 30 mil meticais ao primeiro classificado, o clube de Desportivo de Maputo, e 15 mil para o clube de desporto de Matchedje que ficou na segunda posição no torneio.

O evento de atribuição de prémios contou com a presença de alguns futebolistas, representantes das empresas patrocinadoras da prova e dos clubes de futebol participantes do torneio , nomeadamente Desportivo de Maputo, Matchedje, Costa de Sol, Liga Muçulmana, Ferroviário de Maputo e Maxaquene. A primeira categoria premiada da noite foi a de Melhor Equipa de Arbitragem composta por Arnaldo Ussene, Sélio Mugabe, João Paulo e Mateus Infante, tendo recebido um cheque no valor de cinco mil meticais. A seguir foi anunciada a de Melhor Reportagem Televisiva, destacando-se o trabalho do jornalista desportivo da STV, Isaac Naiene, que ganho a quantia de 5 mil meticais. Ainda no que diz respeito às peças jornalísticas, foram premiados Ivo Tavares e Salvador Nhamtumbo do jornal Notícias, na categoria de Melhor Reportagem da Imprensa Escrita; e Elísio Mouzinho e Domingos Sousa da Rádio Moçambique pela Melhor Reportagem Radiofónica.

Cada um recebeu também o montante de cinco mil meticais. A categoria de Guarda-redes menos abatido foi para Gervásio Cossa do Desportivo de Maputo que, a além de cinco mil meticais, recebeu um trófeu. E a de Melhor Marcador foi para Arnaldo Chana, jogador da Liga Muçulmana de Maputo, que igualmente lhe foi atribuido um trófeu e um cheque de 5 mil. O clube de Costa de Sol ficou com 10 mil meticais e um trófeu referente ao prémio de equipa Fair play. O grande momento da cerimónia foi a entrega de prémios ao primeiro e o segundo classificado do torneio, cujo objectivo era dar rodagem as seis equipas que representam a cidade de Maputo de modo a ter uma boa prestação na prova máxima de futebol nacional, Moçambola. 30 mil e 15 mil meticais foi valor do prémio para Desportivo e Matchedje, respectivamente.

Na ocasião, o representante da Associação de Futebol da cidade de Maputo afirmou que vão continuar a realizar este tipo de prova no intuito de tornar aquelas equipas os principais candidatos ao título, e, por seu turno, os representantes das empresas patrocinadoras, a Sojogo e Destino Lda, disseram que “vamos continuar a apoiar o futebol como temos vindo a fazer para desenvolvermos o futebol a nível da cidade de Maputo”. Importa referir que, ao todo, foram cerca de 85 mil meticais em prémios entregues aos clubes que durante cinco semanas disputaram a taça de Honra Top 6 Sojogo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!