Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Energia eléctrica chega a mais distritos de Manica

A energia eléctrica da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) deverá chegar aos distritos de Macossa e Tambarra em 2010 e Machaze em 2011 depois de este ano a rede ter beneficiado o distrito de Guro.

O facto foi anunciado na quarta-feira pelo Governador da província central de Manica, Maurício Vieira, quando falava a populares no bairro 16 de Junho, no âmbito da campanha eleitoral, tendo apelado ao voto na Frelimo pelo que fez, faz e projecta continuar a fazer em prol do bem estar de todo o povo moçambicano, incluindo os seu adversários políticos.

“Vamos todos trabalhar para atrair mais investimentos para continuarmos a aumentar a produção e criar novos postos de trabalho”, explicou Maurício Vieira, destacando que para que isso seja possível e preciso construir mais escolas, pontes e estradas em todo o território nacional. Referiu que o Presidente Armando Guebuza e o Governo da Frelimo só neste mandato que está a terminar construíram, entre várias infra-estruturas, a ponte sobre o rio Zambeze (ponte da Unidade Nacional) e na província de Manica três grandes pontes, duas sobre o rio Mussapa e uma sobre o rio Nhancuarara.

“Estas pontes já existiram em tempos passados mas foram destruídas durante a guerra dos 16 anos, mas na quarta-feira o Governo da Frelimo reconstruiu para que todos possam usa-las, incluindo os que as destruíram”, disse. Neste momento, segundo Vieira, dos 25 postos administrativos que compõem a província de Manica 14 possuem sinal de telefonia móvel, iniciativa que a Frelimo e o Governo pretendem alargar num futuro bastante breve para todos os distritos do pais.

O governador apontou outros feitos do Governo da Frelimo como o facto de todos os distritos possuírem escolas que leccionam ate a 10/a classe, e em alguns casos ate 12/a, reclamando agora a abertura de universidades, mas só durante este mandato foram construídas na província cinco universidades frequentadas por 1620 estudantes.

Em 2004, na província de Manica, existiam, segundo Vieira, 16 médicos mas actualmente este número elevou-se para 38. “Mesmo assim, há quem há de vir aqui dizer que a Frelimo e seu Governo não estão a fazer nada, que nada está a acontecer”, referiu. “Temos que votar naquele que pelos feitos e pelo que esta a fazer merece para continuarmos a desenvolver o pais, que é a Frelimo e seu candidato, Armando Guebuza”, disse.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!