Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Empresários optimistas em relaçao à melhoria do ambiente de negócios no país

De acordo com o relatório, há melhoria nas expectativas do empresariado moçambicano mercê de esforços que têm sido empreendidos tanto pelo sector público quanto pela sociedade na sua acção de monitoria das acções do Governo.
 
Dentre as mudanças introduzidas pelo Governo destacam-se a eliminação da exigência de capital mínimo e depósito bancário, a aplicação do regime de imposto simplificado para pequenos contribuintes, do regime de licenciamento simplificado que permitiu a emissão presencial e imediata de licenças para o exercício da actividade empresarial, e a aprovação do novo Código de Benefícios Fiscais.
 
As províncias que apresentam maior índice de confiança são, Zambézia e Tete. Nampula apresenta o maior nível de pessimismo. Em relação ao Índice de Ambiente de Negócios (IAN), a província de Nampula apresenta o índice mais alto, seguida de Inhambane, enquanto que Manica aparece com o mais baixo.
No que se refere ao índice sectorial, a Banca, o Leasing e os Seguros apresentam o mais baixo IAN. O estudo aponta como causas o impacto da recessão económica mundial, o aumento acentuado da competição no mercado, as dificuldades no acesso ao crédito, associado aos aumentos de risco do mesmo, e a ausência de instituições financeiras em algumas zonas rurais.
 
O relatório afirma que o nível de criminalidade, o crime organizado, a corrupção e a burocracia contribuem de forma significativa para a degradação do ambiente de negócios em Moçambique.
É de referir que a pesquisa levada a cabo pela KPMG, em parceria com a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) e a Câmara de Comércio e Indústria Moçambique e África do Sul, sob o auspício das Embaixadas da Irlanda e da Noruega e da Cooperação Alemã, decorreu entre o último trimestre de 2008 e o primeiro de 2009 tendo sido alvo de pesquisa 938 empresas em todas as províncias do país.
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!