Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Empresários chineses de Henan prometem USD 100 milhões

Cerca de 100 milhões de dólares norte-americanos deverão ser investidos em Moçambique até 2015 por empresários chineses da província de Henan.

Segundo o jornal Correio da manhã, que cita Godinho Alves, director geral adjunto do Centro de Promoção de Investimento (CPI), ajuntando que aquele grupo de Henan está mais interessado em aplicar os seus fundos nos sectores de imobiliária, indústria, agricultura, estradas e turismo e o seu interesse por Moçambique foi despertado aquando da visita, em 2010, do Presidente moçambicano, Armando Guebuza, àquela região agro-industrial chinesa.

Na semana finda uma missão empresarial de Henan constituída por 30 agentes económicos visitou vários empreendimentos socioeconómicos da cidade e província do Maputo, “tendo-se mostrado muito impressionado com as enormes potencialidades de investimento existentes em Moçambique”. Trata-se do terceiro grupo de agentes económicos de Henan que visita Moçambique em menos de dois anos, “facto que espelha o forte interesse de investidores chineses pelo atractivo mercado moçambicano”, acrescentou ainda Godinho Alves.

Refira-se que, em 2010, a balança comercial daquela província com o resto do mundo situou-se nos cerca de 17,7 biliões de dólares norteamericanos, sendo a mesma região também considerada como uma das maiores produtoras agrícolas e industriais da China. Em Moçambique já está à frente do projecto de construção de cinco mil habitações, no bairro Intaka, no município da Matola, o grupo Henan Gouji Industry and Development.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!