Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Empresa indiana analisa compra de activo carbonífero

A empresa estatal indiana International Coal Ventures Pvt. Limitada (ICVL) está a analisar a eventual aquisição de uma participação de 59 por cento na empresa Minas do Revuboé, que detém a mina de carvão Revuboé em Moçambique.

A mina de Rovuboé tem reservas de carvão metalúrgico estimadas em 700 milhões de toneladas. Segundo a imprensa indiana, a aquisição poderá ocorrer mediante o pagamento de um bilião de dólares norteamericanos.

A referida participação é actualmente detida pelo grupo Talbot da Austrália, que funciona como gestor da Minas do Revuboé. Os restantes accionistas da empresa são o grupo siderúrgico sul-coreano Posco, a Nippon Steel do Japão, com 33,3 por cento, e o governo de Moçambique.

Citado por um jornal de Nova Deli, um executivo da ICVL disse que a posição do grupo Talbot está à venda “e nós estamos a analisar o interesse em apresentar uma proposta não-vinculativa”.

A ICVL foi constituída por cinco empresas estatais indianas – NTPC Ltd, Steel Authority of India Ltd (SAIL), Coal India Ltd, Rashtriya Ispat Nigam Ltd e NMDC Ltd, a fim de obter activos carboníferos no exterior.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!