Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Embarcações excedem a lotação na travessia Katembe – Maputo

Embarcações excedem a lotação na travessia Katembe - Maputo

Os “Mapapai”, nome pelo qual são chamadas as barquetas que garantem a travessia de pessoas de Maputo para KaTembe e vice-versa, constituem um autêntico perigo para os utentes devido à inobservância da lotação máxima.

Na sexta-feira passada (23), o @Verdade usou aqueles meios de transporte para aferir até que ponto as reclamações dos utentes correspondem verdade. Constatámos que as embarcações são empilhadas de gente e carga de tal sorte ficam um pouco desequilibradas e só se respira de alívio depois de chegar ao destino.

Alguns cidadãos que usam aquele meio de transporte, considerado rápido em relação ao ferry-boat, disseram à nossa Reportagem  que as viajem são um martírio, feitas com o coração na mão e é preciso orar bastante rogando ao todo poderoso para que o pior não aconteça durante o percurso. A chegada ao destino só é uma certeza depois de se concretizar.

Os “Mapapai” chegam a transportar mais de 30 pessoas, contra as 25 previstas, para além de carga com um peso acima do recomendado. “Eu sou vendedor informal. Por vezes, viajo nos “Mapapai” mas com medo por falta de segurança”, disse um dos utentes daquele meio de transporte.

David Bambo reside igualmente na KaTembe e por mais que esteja apressado opta pelo ferry-boat porque os “Mapapai” são inseguros. Ele recomenda aos gestores das barquetas para que observem a lotação de máxima prevista, quer de pessoas, quer de carga. Há que intensificar também a fiscalização, pois, caso contrário, um dia o pior pode acontecer.

Rita Muianga considerou que o problema só pode ser resolvido com o aumento de embarcações com vista a fazer face à demanda de viajantes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!