Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Embaixador grego no Brasil foi assassinado pelo amante da sua mulher

A polícia brasileira disse nesta sexta-feira que um polícia do Rio de Janeiro confessou ter esfaqueado até a morte o embaixador da Grécia a mando da esposa do diplomata, de quem era amante.

A esposa, o policial e um primo do policial – que agiu como vigia e ajudou a transportar o corpo do embaixador – estão todos presos enquanto a investigação continua, disseram os policiais em coletiva de imprensa no Rio de Janeiro.

O embaixador grego Kyriakos Amiridis, de 59 anos, estava desaparecido desde a noite de segunda-feira. A sua esposa, a brasileira Françoise, só informou a polícia sobre o desaparecimento na quarta-feira. O casal tem uma filha de 10 anos de idade.

Amiridis serviu como cônsul-geral da Grécia no Rio entre 2001 e 2004. Mais recentemente, foi embaixador do seu país na Líbia e assumiu o posto principal da representação grega no Brasil no início de 2016.

O Governo brasileiro confirmou a morte do embaixador nesta sexta-feira e prestou condolências ao povo grego, ao Presidente do país, Prokopis Pavlopoulos, e ao primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras.

O corpo carbonizado do embaixador foi encontrado dentro do veículo que tinha sido alugado por Amiridis e a sua esposa, por baixo de um viaduto em uma estrada na região em que o casal estava hospedado no Rio.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!