Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Em vista construção de central eléctrica movida a gás natural

Uma central eléctrica movida a gás natural produzido em Inhambane deverá ser construída nos próximos três anos na província de Maputo para reforçar a capacidade de fornecimento de electricidade a vários projectos económicos estabelecidos naquela região mais a cidade de Maputo.

O empreendimento deverá ser montado pela Electrotec, uma empresa de capitais moçambicanos e portugueses, segundo Salimo Abdula, Presidente do Conselho de Administração daquela firma que lidera desde 1997, o sector de montagem de infraestruturas de distribuição de energia eléctrica no país.

Entretanto, a viabilização daquele projecto está dependente de “garantias de fornecimento de gás natural pelas autoridades moçambicanas que já foram solicitadas para o efeito”, segundo ainda Abdula, em entrevista ao Correio da manhã.

Na sua primeira fase, as obras de construção da central eléctrica deverão ter uma duração de 19 meses para assegurar uma capacidade de produção de 150 megawatts de electricidade, de acordo igualmente com aquele empresário, acrescentando que, posteriormente, a disponibilidade vai ser elevada para cerca de 250 megawatts.

Refira-se que a Electrotec é uma das 100 maiores empresas de Moçambique e é a primeira firma nacional a gerar energia eléctrica a partir de gás natural, bem como a distribuição e comercialização em redes isoladas em Vilanculos e Inhassoro, na província de Inhambane, Nova Mambone, em Sofala, e Montepuez, em Cabo Delgado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!