Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Em Gaza jovem mata a mãe e em Maputo mulher assassina o filho

Um jovem de 20 ano de idade, cuja identidade não foi revelada pelas autoridades policiais, está detido no distrito de Manjacaze, província de Gaza, acusado de assassinar a sua própria mãe, por alegada feitiçaria. Na Matola, um outro jovem da mesma idade foi morto pela progenitora por suposta intromissão na relação amorosa da homicida.

O assassinato deu-se no bairro 25 de Setembro, na vila de Manjacaze, e a vítima foi um mulher de 60 anos de idade, identificada pelo nome de Ana Sebastião, informou o Diário de Moçambique.

O indiciado deverá ser responsabilizado pelos seus actos e já foi instaurado um processo-crime para o efeito, segundo Jeremias Langa, porta-voz do Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Gaza, e apelou à sociedade para que evite fazer justiça pelas próprias mãos, devendo optar pelo diálogo. Quando este caminho fracassar a alternativa deve ser sempre o recurso a autoridades competentes.

No bairro da Machava, município da Matola, província de Maputo, uma mãe esta privada de liberdade acusada de assassinar o seu filho de 20 anos de idade, porque impedia o seu relacionamento com um cidadão que também está a ver o sol aos quadradinhos.

A senhora nega o crime e atira as responsabilidades ao seu namorado e este acusa a companheira de ter acabo com a vida do filho. Contudo, para a Polícia, os dois sabem claramente o que levou à morte do miúdo.

Ainda em Gaza, concretamente no distrito de Chongoene, uma jovem de 29 anos de idade encontra-se detida, acusada de rapto de uma criança de 14 meses, a qual dias depois foi localizada na capital moçambicana.

Jeremias Langa disse, de acordo com aquele jornal, que a senhora despistou a mãe da menor alegando que pretendia passear com a mesma em Nhancutse.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!