Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Eliminatórias de acesso ao Afrobasket: Moçambique vence Botswana, mas não convence

Em partida da primeira mão da última eliminatória de acesso aos Jogos Africanos, em Congo Brazzaville, e Afrobasket, provas que vão ser disputadas em Agosto e Setembro do ano em curso, a selecção nacional de basquetebol sénior masculina derrotou a sua congénere do Botswana por 61 a 40. Os comandados de Horácio Martins, diga-se, não fizeram uma exibição de encher o olho.

Da equipa que tomou parte no Campeonato Africano de Basquetebol de 2013, vulgo Afrobasket, apenas três jogadores, designadamente Ermelindo Novela, Edson Monjane e Stélio Nuila, permanecem na equipa nacional.

Por opção, Horácio Martins, seleccionador nacional, deixou de fora atletas como: Custódio Muchate, Samora Mucavel, Octávio Magoliço, Augusto Matos, David Canivete e Armando Baptista.

Jogando intramuros e com um adversário amador, Moçambique era obrigado a vencer e convencer; todavia não foi o que aconteceu na catedral do basquetebol moçambicano, o pavilhão do Maxaquene.

No primeiro dos quatro períodos do jogo, graças à debilidade dos forasteiros, que andavam a leste do jogo, Moçambique dominou completamente, mas pecava no capítulo da finalização que continua a ser o calcanhar de Aquiles do basquetebol moçambicano.

Nesta etapa, o combinado nacional marcou 14 pontos, mais 10 que o seu rival que, provavelmente, vinha à cidade de Maputo para fazer turismo. Hugo Martins, extremo do Maxaquene, com quatro pontos e três ressaltos, foi o destaque do combinado nacional, enquanto Robert Masalakate e Tuelo Masico dividiram o protagonismo nas hostes “tswanas”.

Se no primeiro período Moçambique pecava apenas no capítulo da finalização, no segundo a equipa de Horácio Martins fez uma exibição paupérrima em todos os aspectos. Nesta fase da partida, o combinado nacional registou uma média de um ponto por minuto, ou seja, marcou 11 pontos, por sinal os mesmos convertidos pelo seu rival que se agigantou no confronto. Ermelindo Novela, com quatro pontos, foi a melhor unidade do conjunto moçambicano.

As duas equipas foram para o intervalo com o resultado de 25 a 15 a favor da selecção anfitriã.

No reatamento, ou seja, no terceiro período, Moçambique teve uma falsa partida. Nos primeiros cinco minutos desta etapa, o combinado nacional perdia por oito a seis, mas nos últimos cinco minutos o domínio dos moçambicanos foi avassalador e a etapa terminou com a marca de 49 a 23.

O base-armador Stélio Nuila foi o destaque ao apontar seis pontos. À entrada do quarto e derradeiro período, os comandados de Horácio Martins venciam por uma diferença de 26 pontos e o público que se fez ao pavilhão do Maxaquene esperava que Moçambique repetisse a performance do terceiro período, mas debalde.

A equipa nacional voltou a desiludir. Ao contrário do que aconteceu no terceiro período, os moçambicanos marcaram apenas 12 pontos, menos cinco que o seu oponente. A partida terminou com o resultado de 61 a 40 a favor do combinado nacional.

No que a individualidades diz respeito, Robert Masalakatane, com 16 pontos, foi o atleta que mais se destacou. O poste Elton Ubisse foi o melhor marcador da equipa de Horácio Martins, com 13 pontos. Com este resultado Moçambique parte com uma ligeira vantagem para o confronto da segunda mão que se realiza dentro de 15 dias.

Horácio Martins pede carinho para os seus jogadores

No final da partida, o seleccionador nacional de basquetebol sénior masculino, Horácio Martins, declarou que estava satisfeito com o resultado e com a exibição dos seus pupilos.

“Tivemos quatro sessões de treino que tinham a duração de uma hora e começavam às seis horas da manhã, uma vez que os atletas depois dos treinos tinham de cumprir as suas actividades laborais. Mesmo assim considero que os atletas se portaram bem. Esta equipa é nova e ainda tem de ser trabalhada. Não vamos fazer deste resultado um problema para nós, visto que estes atletas são miúdos e precisam do nosso carinho”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!