Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Eleitores britânicos punem conservadores em eleições locais

Os eleitores britânicos puniram o Partido Conservador, do primeiro-ministro David Cameron, nas eleições locais realizadas no país na quinta-feira, as quais evidenciaram o forte descontentamento popular em dois anos de um governo cujas medidas de austeridade trouxeram muitas dificuldades e poucos ganhos.

De acordo com resultados divulgados nesta sexta-feira, tendo sido apuradas as urnas de 99 dos 181 conselhos municipais onde houve eleições, o oposicionista Partido Trabalhista havia eleito 470 vereadores enquanto os conservadores tinham perdido 279 cadeiras em conselhos e seus parceiros na coalizão de governo, os Liberal Democratas ficaram com 129 a menos.

Os Trabalhistas ganharam o controle de Birmingham, segunda maior cidade britânica, e Cardiff, a capital do País de Gales, antes em poder dos liberal democratas. De acordo com projeções da BBC, os resultados divulgados até agora indicam que os trabalhistas conquistaram uma fatia de 39 por cento dos votos em nível nacional, ou seja, 3 pontos porcentuais a mais do que na eleição anterior, de 2008, quando estavam no governo e se saíram mal nas urnas.

Os conservadores, segundo a estimativa, perderam 4 pontos, ficando com 31 por cento, e os Liberal Democratas permaneceriam com 16 por cento.

Cameron espera que a provável vitória de seu candidato para a prefeitura de Londres, Boris Johnson, que tenta a reeleição e segundo as estimativas deve vencer, lhe traga algumas manchetes positivas nos jornais. Mas o mais evidente é o grande estrago para a sua coligação.

A escala dos ganhos dos Trabalhistas poderá complicar os esforços dos conservadores na próxima eleição maioritária, nas eleições parlamentares marcadas para 2015, já que uma forte presença nos conselhos municipais é uma importante plataforma para construir bons resultados em nível nacional.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!