Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Eleições 2009: arranca formação de brigadistas em todo o pais

A formação de brigadistas para a actualização do recenseamento eleitoral, que vai decorrer de 15 de Junho a 29 de Julho, rumo às eleições gerais e para as Assembleias Provinciais de 28 de Outubro próximo, arrancou hoje, em Moçambique.

O processo vai abranger cerca de 15 mil brigadistas em todo o país, dos quais apenas 13 mil serão seleccionados para trabalharem nos 3.442 postos de actualização. A formação dos brigadistas vai durar dez dias e vai incidir sobre a digitação dos dados dos potenciais eleitores.

A AIM testemunhou o início da formação de brigadistas na cidade de Maputo, concretamente no Distrito Municipal número Um (DM1). Segundo o director do Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE) do DM1, Elísio Luís, aquela parcela do país vai formar 79 brigadistas que vão trabalhar nos mais de 150 postos de actualização eleitoral previstos.

Por sua vez, a Presidente do Comissão Distrital de Eleições do DM1, Lídia Arão, disse aos formandos que o trabalho é sério e exige grande responsabilidade, daí que apelou a seriedade e patriotismo dos mesmos. Arão fez referência às dificuldades que os brigadistas poderão enfrentar ao longo do processo de actualização do recenseamento eleitoral, tendo advertido para a necessidade de diálogo com os cidadãos. “Nunca devemos dizer um cidadão para voltar amanhã. Temos que nos sacrificar, atender aquela pessoa que chega mesmo quando estamos quase para fechar. Será necessário muito sacrifício da vossa parte. Quando estiverem a trabalhar, devem deixar de lado os vossos problemas e atender de forma amável os cidadãos”, exortou. O grupo dos formandos do DM1 integra pessoas que já trabalham como brigadistas em processos anteriores.

A actualização do recenseamento eleitoral irá decorrer em todo o país para os cidadãos que atingiram a idade eleitoral este ano (2009), bem como aqueles que tenham perdido ou tem os seus cartões inutilizados. Os moçambicanos residentes no exterior poderão recensear-se de 10 a 29 de Julho próximo, segundo informações do STAE.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!