Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Eleição presidencial do Peru vai a 2ª volta e revela fragilidade da filha do ex-Chefe de Estado

Keiko Fujimori, filha do ex-Presidente peruano actualmente preso Alberto Fujimori, venceu a eleição presidencial do Peru no domingo, mas terá de disputar uma segunda volta provavelmente contra o economista Pedro Pablo Kuczynski, numa votação que deve consagrar o modelo económico de livre mercado do país.

Keiko ficou bem abaixo dos 50 por cento de que necessitava para vencer de imediato, e provavelmente será vulnerável na segunda etapa do pleito no dia 5 de Junho.

Com cerca de 40 por cento dos votos apurados, Keiko tinha 39 por cento das urnas. Kuczynski, ex-economista do Banco Mundial, acumulava 24 por cento dos votos, e a legisladora esquerdista Veronika Mendoza vinha bem atrás com 17 por cento. Uma contagem inicial do instituto Ipsos também mostrou Kuczynski na segunda colocação e a caminho do segundo turno.

Apesar da dianteira de Keiko na votação de domingo, pesquisas revelaram que a oposição à candidata vem crescendo desde o início do ano e que muitos dos que rejeitaram o estilo de governo beligerante de seu pai devem cerrar as fileiras de seu rival de Junho, seja Kuczynski ou Veronika.

Filho de imigrantes europeus, Kuczynski é um economista pró-mercado e ex-ministro das Finanças, mas é mais moderado em certos temas sociais do que Keiko, de 40 anos, e não tem a bagagem associada ao seu sobrenome.

“Não queremos uma nação polarizada”, disse ele depois de dançar diante de seus apoiantes na noite de domingo, embora tenha pedido calma até o anúncio dos resultados oficiais. “Fizemos progresso, mas não o suficiente. Seremos um governo progressista, social e economicamente”.

Keiko afirmou que irá levar adiante o crescimento económico ao final de um boom de mineração de uma década recorrendo a um fundo de emergência e emitindo novos títulos da dívida para financiar obras de infraestrutura urgentes. Ela apresentou-se como a única candidata que será rígida o suficiente com o crime.

As chances de Keiko na segunda etapa da votação irão depender muito de ela ser ou não capaz de se distanciar de seu pai, que foi condenado por corrupção e abuso de direitos humanos ligados à repressão de insurgentes esquerdistas entre 1990 e 2000, quando governou o país.

Os mercados financeiros devem reagir bem a uma segunda turno entre Fujimori e Kuczynski. A ascensão de Veronika na véspera da votação de domingo fez a moeda peruana recuar 1,5 por cento e o índice da bolsa cair 4,39 por cento ao longo da semana passada.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!