Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Electricidade de Moçambique toma medidas contra roubo de energia

A empresa Electricidade de Moçambique (EDM) diz que vai intensificar o trabalho com as comunidades para conter o roubo de corrente eléctrica, que tem afectado a qualidade de fornecimento de energia, particularmente à cidade de Maputo.

O Presidente do Conselho de Administração da EDM, Manuel Cuambe, disse à AIM que “vamos trabalhar com as nossas comunidades, no sentido de haver uma redução substancial das ligações clandestinas, porque, de facto, o roubo de energia é um problema muito preocupante”.

“Estamos prestes a terminar o ano, e nós temos que tomar medidas que permitam reduzir o roubo de energia para que possamos passar as festas tranquilamente. No ano passado (2010), tivemos festas relativamente calmas, porque não houve problemas graves de fornecimento de energia na cidade e em todo o país”, realçou aquele responsável.

Referiu que no que diz respeito ao programa tanto de expansão como de melhoria da qualidade de fornecimento de energia à cidade de Maputo, estão identificados investimentos substanciais que terão que ser feitos em 2012.

Segundo Cuambe, estes investimentos vão permitir que se possa responder à demanda do crescimento da cidade de Maputo, bem como melhorar a qualidade de fornecimento de energia”.

De referir que a EDM é a patrona das festividades do 10 de Novembro, que este ano assinala o 124º aniversário da cidade de Maputo. Cuambe sublinhou que no âmbito das atribuições da EDM, “iremos garantir que mais citadinos de Maputo tenham acesso à energia eléctrica nas suas casas, e darem continuidade ao trabalho de melhoria da qualidade de fornecimento de energia”.

“Temos já projectos identificados para o ano 2012, entre os quais o de fazermos ligações a pelo menos 20 mil novas famílias nesta cidade, porque pretendemos intensificar o trabalho de reabilitação das nossas infra-estruturas, o que nos permitirá também melhorar a qualidade de fornecimento de energia”, disse.

De acordo com dados da empresa, em 2012, a EDM pretende ligar, em todo o país, mais 130 mil novos clientes à rede eléctrica nacional, o que deverá elevar para 1.140.000 o número de clientes, para além de alcançar um nível de electrificação de 20 por cento. Igualmente em 2012, a empresa vai investir cerca de 77 milhões de dólares norte-americanos, 22 milhões dos quais serão aplicados na expansão da rede eléctrica nacional e 55 milhões em acções de melhoramento da rede de distribuição.

Em termos de vendas, a EDM espera atingir um volume de 9.18 biliões de meticais e concluir os acordos comerciais no âmbito da implementação do Projecto da Central Termoeléctrica a gás natural de Ressano Garcia de 140 MW.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!